RELIGIÃO, ESCATOLOGIA, PREGAÇÕES, FILMES, TUDO GOSPEL, ESTUDOS, BÍLICOS, TV, RÁDIO, GOSPEL, ASSISTIR, ONLINE, GRATIS, PASTOR, IGREJA, EVANGELICA, Devaldo Lemos da Costa, iepaut@gmail.com
Precisamos de sua ajuda para pagamentos, relativos a esta página. faça um depósito ou uma transferência de qualquer valor em uma das contas citadas na lateral direita. Não é obrigatório, faça se você sentir em seu coração. Obrigado.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

ÊXODO ÊXODO



Nota: Este livro deve ser estudado juntamente com 4319.

Autor e personagem central: Moisés (comumente aceito).

Tema principal: A história de Israel desde a morte de José até a construção do

Tabernáculo.

Palavra-chave: “Libertação”.

SINOPSE

Quatro períodos da história de Israel

I. Período do cativeiro

1. A opressão no Egito, 1:7-22

2. Eventos dos primeiros anos da vida de Moisés

a) Seu nascimento e adoção, 2:1-10

b) Sua intenção de ajudar os irmãos, 2:11-14

c) Sua fuga para Midiã, 2:15

d) Seu casamento, 2:21 (passam-se quarenta anos; v. At 7:30)

II. Período da libertação

1. A chamada de Moisés na sarça em chamas, 3:1-10

2. Sua comissão e capacitação por Deus, 3:12-22; 4:1-9

3. Suas desculpas, 3:11; 4:10-13

4. Arão associa-se com Moisés, e ambos pedem ao faraó que liberte Israel, 4:27-31;

5:1-3

5. A escravidão fica mais severa, 5:5-23

6. Instruções divinas a Moisés e Arão, caps. 6 e 7.

7. Contenda com o faraó e a aplicação das dez pragas, caps. 7, 8, 9, 10, 11

8. A Páscoa, cap. 12

III. Período de disciplina

1. O Êxodo, 12:31-51

2. As experiências no caminho até o monte Sinai, caps. 13, 14, 15, 16, 17, 18 (v. tipos

abaixo)

IV. Período da legislação e da organização

1. A chegada ao Sinai, 19:1-2

2. A aparição do Senhor no monte, cap. 19

3. A promulgação dos Dez Mandamentos, cap. 20

4. Outras leis, caps. 21, 22, 23, 24

5. Orientação acerca da edificação do Tabernáculo, caps. 25, 26, 27

6. Designação do sumo sacerdote, cap. 28

7. A adoração ao bezerro de ouro, cap. 32

8. A preparação e a construção do Tabernáculo, caps. 35, 36, 37, 38, 39, 40

Peregrinação de Israel como tipo da vida cristã (v. 1Co 10:1-11)

A escravidão no Egito — tipo da escravidão do pecado.

Moisés como libertador — tipo de Cristo (v. o paralelo entre Cristo e Moisés, 2558).

O Êxodo — tipo do abandono da vida de pecado.

O cordeiro da Páscoa — tipo de Cristo, o Cordeiro de Deus.

A perseguição de Israel por parte do faraó, 14:8,9 — tipo das forças do mal que

perseguem os crentes.

A divisão do mar Vermelho, 14:21 — parte dos impedimentos é removida.

A coluna de nuvem e fogo, 14:19,20 — tipo da presença divina com os crentes.

O cântico de Moisés, 15:1-19 — tipo dos cânticos de vitória espiritual.

A multidão mista, 12:38 — tipo da gente mundana na igreja.

Mara e Elim, 15:23-27 — tipo das experiências amargas e doces da vida espiritual.

As panelas de carne, 16:3 — tipo dos prazeres sensuais da vida passada.

O maná, 16:4 — tipo de Cristo, o Pão da vida.

A água da rocha, 17:6 — tipo de Cristo, a Água da vida (1Co 10:4).

Sustentar erguidas as mãos de Moisés, 17:12 — tipo da necessidade de cooperação

entre os líderes.

Na estrutura do tabernáculo (utensílios, ordenanças, vestes sacerdotais, arca da aliança

etc.) estão muitos tipos de Cristo e da igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário